China vai limitar a população de Xangai em 25 milhões de habitantes

Na China, a cidade de Xangai é conhecida como a capital econômica do país e também  uma das mais modernas.  Atualmente a cidade possui mais de 24 milhões de habitantes e o governo implementou um projeto, para que ela não sofra as consequências que as grandes cidades têm que passar, quando apresentam um excesso de população. Esse plano pretende limitar a população da cidade de Xangai, em 25 milhões de habitantes até 2035.

O comunicado sobre o plano foi feito há alguns dias por competências locais, revelando as medidas que irão ser tomadas pelo programa de gestão que começou em 2017 e irá até o ano de 2035. Esse projeto além da população, também irá limitar a dimensão dos terrenos disponíveis para novos empreendimentos, que não poderá ser maior do que 3.200 quilômetros quadrados.

Esse projeto visa melhorar o planejamento da cidade, vai possibilitar uma melhora na distribuição dos fundos públicos e irá tornar mais eficaz a administração local, de acordo com o jornal Southern China Morning Post.

A cidade de Xangai atrai muitas pessoas todos os anos, e de acordo com o projeto do governo, a autorização para a permanência na cidade irá ficar ainda mais difícil de ser conseguida. Apesar dos números oficiais mostrarem uma população de 24,15 milhões, o governo acredita que o número dos habitantes de Xangai deve ser ainda maior, já que existem muitos moradores sem os seus documentos.

A China já havia tomado medidas como essas em esferas municipais anteriormente, e segundo o jornal inglês The Guardian, um plano para conter o crescimento populacional em Pequim foi lançado em setembro, visando manter a capital do país com cerca de 20 milhões de pessoas morando na cidade, até o ano de 2020.

As maiores cidades chinesas estão passando por uma série de dificuldades, com o aumento gigantesco dos valores dos imóveis. Existe a preocupação de que uma bolha poderia arrebentar a qualquer momento em Pequim e Xangai. Os índices de poluição estão cada vez maiores nas grandes cidades chinesas e nesse último ano, quase 340 cidades chinesas apresentaram números muito altos de poluição do ar.