Operando em três estados, organização fundada por Ricardo Tosto recebe avaliações jurídicas

A organização Análise Advocacia 500 avaliou o escritório Leite, Tosto e Barros para compor a publicação referente ao ano de 2017. Fundado pelo empresário e advogado Ricardo Tosto, o estabelecimento despontou como um dos dez melhores do país, de acordo com a opinião dos próprios clientes. Além do parecer da clientela, a instituição cuida de avaliar o modo como os profissionais atuam dentro das advocacias participantes do processo em questão.

O Leite, Tosto e Barros costuma participar de diversos tipos de análises, sobretudo quando se trata de alguma avaliação fornecida por instituições de relevância para o segmento jurídico, como no caso da Análise Advocacia 500. Assim sendo, tais avaliações costumam culminar em algum tipo de publicação onde são elencados os escritórios e advogados que maiores sucessos obtiveram em seus trabalhos ao longo do ano, efeito que se verifica na empresa de Ricardo Tosto. Com isso, pessoas e corporações que se veem em vias de enfrentar algum processo judicial têm um referencial para se orientarem quanto à escolha de quem conduzirá suas causas.

Na edição de 2017, a organização avaliadora abordou o destaque alcançado pelos sócios do escritório gerido por Ricardo Tosto. Em se tratando das áreas em que cada advogado atua, a que trata de assuntos cíveis foi citada em face do advogado Paulo Guilherme ter mostrado desempenho satisfatório na condução dos processos dessa ordem. O profissional também conseguiu o mesmo êxito em relação ao acompanhamento de contratos de natureza comercial. No setor que responde por demandas de infraestrutura, Tiago Lobão foi o mais eficiente, conforme a publicação. Rodrigo Quadrante, por sua vez conseguiu atingir boa performance em causas envolvendo o mercado financeiro. Processos de ordem trabalhista também foram elencados como determinantes para o sucesso da empresa, de acordo com as avaliações.

Conhecida por avaliar os participantes através de vários pontos de vista, a Análise Advocacia 500 abordou o fato de que a clientela de determinado escritório pode apresentar preferência por alguns profissionais em virtude de como desenvolveram suas potencialidades em seus setores. Na instituição de Ricardo Tosto, por exemplo, o departamento que cuida de processos inerentes às questões sucroalcooleiras foi considerado relevante para o cenário jurídico pela atuação de Luciana Arduin Fonseca em parceria com Ricardo Yamamoto.

A construção civil foi outro segmento listado pela publicação em razão do modo como Charles Gruenberg e Rodrigo Quadrante conseguiram conduzir suas demandas. Os advogados Paulo Guilherme Lopes, Fernando Araneo e o próprio líder da Leite, Tosto e Barros fizeram parte de um dos setores mais expressivos para o bom andamento da empresa, segundo os avaliadores da Análise Advocacia 500. Trata-se do departamento que recebe demandas do segmento de distribuição de energia elétrica no país.

A instituição avaliadora apurou em quais localidades a clientela se mostrava mais satisfeita quanto ao atendimento que receberam durante o período avaliado. No caso do escritório Leite, Tosto e Barros, o estado de São Paulo apareceu como favorito, seguido do Distrito Federal. Na corporação administrada por Ricardo Tosto, contudo, há prestação de serviços jurídicos também no Rio de Janeiro.