Conheça o “rei do luxo” José Auriemo Neto, presidente da JHSF

 

“Rei do luxo”, assim foi chamado José Auriemo Neto quando a empresa que preside, a JHSF, lançou o Parque Cidade Jardim, um complexo que reúne torres residenciais, comerciais e um shopping center de alto padrão. O empreendimento foi construído em um terreno de 80 m² localizado na Marginal Pinheiros, no centro de São Paulo.

O Parque Cidade Jardim

A ideia de Zeco (como é chamado pelos amigos e parentes) é que somente as áreas comerciais e o shopping tivessem acesso pela marginal, enquanto a área residencial o acesso é feito por uma rua atrás da marginal, onde foram construídas outros prédios e casas. Seu pai, Fábio Auriemo, a princípio, mostrou-se contra, contudo aceitou o projeto, que hoje é um sucesso de aceitação do público.

O complexo conta com nove torres residenciais, quatro torres destinadas a escritórios e salas comerciais e uma torre de uso misto. Além disso, uma parte será ocupada pelo hotel da grife Fasano. Na época que foi inaugurado, um dos apartamentos mais caros foi vendido pelo valor de R$ 18 milhões. Era uma cobertura triplex de 1700 m².

Outros investimentos de luxo foram feitos por José Auriemo Neto, como a sociedade na rede de hotéis Fasano; o acordo com a Daslu para abrir lojas da boutique Eliana Tranchesi; a criação do loteamento de alto padrão em Porto Feliz; adquiriu uma área em Punta del Este, no Uruguai, para projetos futuros, entre outros.

Mas não só de luxo vive a empresa de Zeco Auriemo. A JHSF incorporações atua em diferentes segmentos. Foi responsável pelo projeto do Shopping Metrô Santa Cruz, em que circulam mais de 75000 pessoas todos os dias, além do Shopping Metrô Tucuruvi e o complexo Dona Catarina, um residencial voltado para a classe média, na Rodovia Castelo Branco.

Sobre José Auriemo Neto e família

Presidente da JHSF desde 2003, José Auriemo Neto tem grande disposição para o trabalho. Acorda cedo e antes das 8 já está em seu escritório. Em muitas situações almoça lá mesmo para não perder tempo e também não são raras vezes que fica até depois do expediente. Sua rotina só é quebrada quando visita o canteiro de obras ou visita algum cliente a pedido de amigos.

Desde cedo já participava da empresa da família. Aos 17 abriu a subdivisão de estacionamentos, a qual se dedicou. Pouco depois largou a faculdade de Engenharia no quarto período, mesmo com os protestos da mãe.

O empreendedorismo é algo presente na família Auriemo. O avô de Zeco, montou uma indústria de autopeças e com ela criou os filhos.

A incorporadora que sacudiu o mercado de luxo de São Paulo foi fundada em 1972, ainda com o nome JHS. Na época, dois sócios, e os irmãos José Roberto e Fábio Auriemo (pai de José Auriemo Neto). Inicialmente o foco era a construção civil e durante muitos anos ela foi responsável por importantes projetos como prédios residenciais e comerciais, agências bancárias, restaurantes, entre outros empreendimentos.